Pare de se comparar com os outros!

Você como líder, já deve ter tido algum pensamento parecido como este: “Eles têm um ministério de jovens bem sucedido” e a comparação com seu grupo acaba sendo inevitável, afinal quem não gostaria de experimentar a mesma sensação, e perceber o quanto Deus está fazendo coisas incríveis.

E consequentemente a este pensamento, vem os questionamentos:

O que está errado? Meus métodos está corretos? Será que há algo errado com minha vida de oração ou até mesmo na minha forma de se relacionar com Deus?  Porque Ele, obviamente, não está nos abençoando como o outro grupo.

Diverso líderes analisam seus pontos fracos de liderança, áreas onde precisa crescer, tudo com o intuito de se tornar mais parecido com ministérios mais grandes e desenvolvidos, com isso os lideres acabam comprando o “currículo” destes “ministérios mais bem sucedidos”, bem como tendem a imitar suas politicas e programações.

E se não consegue igualar, acaba procurando razões, pessoas ou circunstâncias, para botar a culpa por não conseguir copiar o seu sucesso.

É fácil se tornar ciumento, preocupado, frustrado ou mesmo desesperado quando lemos histórias de sucesso de outros jovens trabalhadores e dos ministérios que eles conduzem. Mas esquecemos de uma coisa: Deus é soberano. Não é uma questão de uma equação matemática,

Então, pare de se comparar aos outros ou copiar outros grupos. Em vez disso, faça duas coisas:

Seja grato

O ciúme e o orgulho são dois termos intimamente relacionados. Guarda o teu coração por ser verdadeiramente grato pelas bênçãos de Deus em sua vida e seu ministério, mesmo que aos seus olhos seja algo insignificante. Você se lembra daquela velha música: “Conte suas bênçãos”?!,  Deus irá nos testar na pequenas coisas antes de estarmos prontos para as coisas grandes!

Servir fielmente

Não importa quão pequena seja sua tarefa ou ministério em seus próprios olhos, se você servir fielmente, Deus irá te abençoar em situações que você as vezes nem imagina. Ele pode chamá-lo para uma tarefa que você nunca pensou ser possível. Ele pode optar por estar presente em seu ministério de jovens como ninguém nunca viu antes.

Não importa o que aconteça, você como líder, deve servir a Deus fielmente até o dia que Ele te chamar para casa.

E lembre-se: O ministério não deve estar voltado para você ou para seus planos, mas sim, focado em servir a Deus, pois afinal, quando passamos a servir a Deus de todo o coração, todo sacríficio que fizermos vai valer a pena.

Flávio Hersmdorf

———————-

Gostou do blog?! Curta então nossa página no Facebook: Mundo Jovem Teen e fica por dentro dos nossos artigos e novidades !!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s