O Amor não é uma mera emoção’

Amar não é uma mera emoção

 Bom pessoal, como é difícil falar de um assunto tão questionador.  Dizer que o amor não é uma mera emoção, é ainda mais difícil. Pois tantas pessoas dizem que se apaixonam a primeira vista, que começam a amar de cara, infelizmente isso não é amor, ou é uma ilusão ou uma mera paixão. O amor, não é, e nunca será uma mera emoção. O amor é algo que surge com o alimentar, com o sacrifício, com o esforço e principalmente com a dependência em Deus que é AMOR. (1João 4-8b)

O amor só surge quando decidimos amar. Um exemplo muito claro é o AMOR de Deus por nós, quando Ele dá o seu Filho unigênito para morrer por nós, por nossos pecados, para que tivéssemos salvação. Quer um amor mais decidido, quer sacrifício maior de Amor do que o de  Deus e de Jesus? Deus decidiu dar o seu Filho (João 3:16) e Jesus aceitou ser sacrifício, Ele nos amou, Ele se entregou por nós.

Mas o que isso tem haver com o Amor entre duas pessoas? Tem TUDO haver, Deus nos instrui a amar ao próximo como a nós mesmo, e como Ele ama. Se eu não amar meu cônjuge como irmão em Cristo, como a mim mesma, como poderei ama-lo como homem? Se eu não tenho um amor de sacrifícios por ele, como caminharemos? Se Deus não é o Centro do relacionamento como haverá sentimento verdadeiro e puro? É impossível, não tem como.

Você já parou para analisar como estão os casamentos? A quantidade de divórcios no Brasil hoje é bem maior do que as de casamentos, é um absurdo isso, não é? Mas sabe por que isso? Porque não existe amor verdadeiro, porque o suposto “amor” acabou, porque erraram ao se casar. Mas a resposta é obvia, tiveram uma ilusão no namoro, se casaram, não entenderam o que é amar de verdade, pensaram que amar é uma mera emoção, e quando se depararam com a situação, se assustaram e logo decidem se separar. Isso tudo ocorre porque não entendem que amar não é viver de emoções, mas sim de realidade, de sacrifício, de esforço, de alto preço.

Fico pensando no amor de José e Maria, o quanto eles decidiram se amar. José tinha tudo para não querer Maria, mas ele entendeu o propósito de Deus em tudo, e decidiu ficar ao lado de Maria, ele quis ama-la com sacrifício e decisão. Ele não se importou, ele a amou. Ele entendeu que amar não era uma mera emoção, ele percebeu que precisava sacrificar muita coisa, e uma das coisas que ele sacrificou foi o seu EGO de homem; Maria ficou grávida do Espírito de Deus, e ele se casou com ela, mesmo o menino não sendo do mesmo sangue dele. José é um exemplo de Amor de decisão e sacrifício.

O Amor que não é fundamentado nas meras “emoções” humanas, ele TUDO SOFRE, TUDO CRÊ, TUDO ESPERA, TUDO SUPORTA. 1Coríntios 13:7

O Amor tem seus princípios básicos: É preciso ter vontade de amar, assim como Deus teve ao entregar seu filho; É preciso agir, e não somente falar – 1João 3:18; É preciso amar mesmo quando a outra pessoa é desagradável – Lucas 6:27-29; É preciso primeiramente da ajuda de Deus para amar, pois Deus é a fonte de amor; É preciso amar sem esperar nada em troca – Lucas 6:32-36. É preciso buscar a vontade de Deus.

Enquanto procurarmos amar por emoções borbulhantes, nunca experimentaremos do verdadeiro AMOR.

Lembre-se para amar de verdade, é preciso buscar em Deus, querer, sacrificar, morrer pra si mesmo, se doar, agir, nunca esperar nada em troca…

DEUS QUER QUE VOCÊ AME COMO ELE AMA, ELE QUER QUE VOCÊ ESTEJA APTO A AMAR VERDADEIRAMENTE.

Deus tem uma linda história de amor para você, nada como começar a escrever essa história ao lado do melhor escritor de todos. Agora é a hora para começar a consolidar o verdadeiro Amor dentro de você… Are a terra, Semeie, cultive, regue-a, e em breve colherá…

Deus não tem uma história para você de meras emoções que se vão, mais sim de um Amor Verdadeiro, constante e eterno.

Deus lhe abençoe muito, e que você possa transbordar do verdadeiro amor que existe em Cristo.
Ludimila

————-

Gostou do blog?! Curta então nossa página no Facebook: Mundo Jovem Teen e fica por dentro dos nossos artigos e novidades !!

Anúncios

8 comentários sobre “O Amor não é uma mera emoção’

  1. Quando amamos baseados naquilo que somos ou podemos ser vivemos frustrados e frustrando pessoas, vivemos feridos e ferindo as pessoas que deveríamos proteger.
    Mas quando amamos baseados naquilo que Cristo é e fez por nós na Cruz, começamos a entender que amar não é buscar a perfeição nas pessoas mas sim, tentar ser perfeito para elas. O amor é sacrifício, é decisão! Ninguém nasce amando alguém. O amor é um fruto da vontade!

  2. Quando amamos baseados naquilo que somos ou podemos ser vivemos frustrados e frustrando pessoas, vivemos feridos e ferindo a que deviamos dar cuidado e alegria. Mas quando amamos baseados naquilo que Cristo é e fez por nós na Cruz, someçamos a entender que amar não é buscar a perfeição nas pessoas mas sim, tentar ser perfeito para elas. O amor é sacrificio, é decisão! Ninguem nasce amando alguem, o amor é um fruto da vontade.

  3. Amém Irmã Ludimila Rodrigues!
    Linda a revelação e entendimento que você tem sobre o amor… Suas palavras vieram de encontro com o que minha futura esposa e eu temos buscado para nosso relacionamento e também enriqueceram muito meu conhecimento sobre o mais puro e perfeito de todos os sentimentos o ´´ Amor “.
    Glória a Deus por sua vida!
    Parabéns pelo texto…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s