PRIMEIRO AMOR

          Certo dia, ouvi uma jovem Cristã de 17 anos, dizer: Não me acho digna de estar na presença de Deus, sou uma simples pecadora, perdi muito tempo que poderia ter dado para o meu Senhor. Hoje quando oro nem lágrimas saem mais, sinto que o primeiro amor já não está mais dentro de mim, preciso me achegar a Deus, voltar a ser a garota que já fui, a que tinha prazer de estar na casa do Senhor, pois hoje não sinto mais nem isso. 

Voltando ao Primeiro Amor

         Realmente, fiquei sem saber o que fazer ou falar, meu coração doeu, eu fiquei sem reação. E quando andava de bicicleta, Deus começou falar algumas coisas comigo. Ela tinha até “razão” em dizer: “Não me acho digna de estar na presença de Deus, sou uma simples pecadora”, pois se retirarmos a graça de Deus existente em nosso ser, não seriamos dignos de estar na presença d’Ele, porque somos pecadores. Mas se Deus nos criou a sua imagem e semelhança é porque Ele está querendo amigos, para estar em sua presença diariamente.

         Todos nós já perdemos tempo, um tempo que poderia ter sido aproveitado para Deus. Deixamos de dedicar nossa vida para a ceara de Deus, porque queremos fazer as nossas próprias coisas, deixamos de fazer aquilo que Deus quer que façamos, para fazer aquilo que nós queremos fazer, porque estamos sempre interessados em satisfazer o nosso EGO, as nossas próprias vontades. Porque afinal, sou jovem, ainda terei tempo, para quê me preocupar com isso agora? Essas perguntas pode estar passando em muitas mentes neste momento.

      Ouvir uma jovem dizer que quando ora nunca se emociona na presença de Deus, me deixa um tanto quanto assustada e preocupada. Precisamos nos atentar para isso, porque Deus quer pessoas quebrantadas, com corações contritos. Não estou dizendo que todas às vezes precisamos chorar, porque se não chorarmos, nossas orações não chegarão a Deus. Mas estou dizendo que nossos corações precisam estar quebrantados para receber o toque do amor de Deus, nos levando a nos emocionar em sua presença, porque quando somos tocados por Deus, não há coração que agüente. E um exemplo disso foi JESUS, até Ele com toda sua glória, chorou…

         O que me deixou pior em tudo isso, foi ouvir: “Sinto que o primeiro amor já não está dentro de mim, preciso me achegar a Deus, voltar a ser a garota que já fui a que tinha prazer de estar na casa do Senhor, pois hoje não sinto mais nem isso.” Quantos de nós já não nos encontramos assim? Quantos já não pensaram a mesma coisa? E até mesmo se encontraram nesta situação? Quantos em nosso meio não estão vivendo no automático da vida Cristã?

       E em tudo isso Deus me levou a pensar porque o Primeiro amor deixa de existir dentro de nós? E pude entender que o amor é como uma semente plantada, que precisa ser regada diariamente, precisa ser cuidada, tratada, e quando começa a germinar, precisa ser podada, modelada, muitas das vezes precisa ser mudar de lugar para assim, crescer com mais êxito. Traduzindo para a linguagem Cristã, o nosso Primeiro Amor com Deus precisa de tratamento diário, precisa ser regado com orações, precisa do cuidado de nossos lideres e de pessoas que nos levam a ter o Caráter como de JESUS, ele precisa de alimento diário (leitura da Palavra), precisa ser tratado espiritualmente para que assim comece a germinar, e quando isso acontecer, precisa ser mudado de lugar, sendo assim, ao invés de ficar no banco sem fazer nada, comece a trabalhar em prol do REINO, para que assim não esfrie ou até mesmo morra.

       Quando o rei Davi escreve Salmos 27:4, ele diz que pediu ao Senhor e que buscaria morar na casa de Deus todos os dias, para contemplar o esplendor do Senhor, e meditar no teu templo. Ele tinha o desejo de estar no templo (IGREJA) do Senhor, para ali meditar, para ali contemplar o esplendor de Deus. Além de sermos a Igreja (Noiva) de Deus, precisamos estar em comunhão com a Igreja, para que assim possamos suportar situações difíceis e sermos aperfeiçoados.

     Meu clamor é que nossos jovens não se encontrem assim, e se você se encontra assim, procure ajuda, não fique só, porque continuar vivendo dessa maneira é pedir para cair. Pois sozinhos nunca conseguiremos, mas com a ajuda do Senhor e de pessoas de Deus, podemos vencer qualquer luta que vier sobre nossas vidas.

        Um texto para você que se encontra assim, ou até mesmo conhece pessoas que estejam assim. “Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras” Apocalipse 2:4-5a – Se você se encontra assim, se você perdeu o primeiro AMOR, Deus te convida a se arrepender de tudo, se foi alguma atitude, pensamento, desanimo, fraqueza, e etc. que te levou a perdê-lo, arrependa-se de tudo que te afastou do Senhor, volte a praticar as primeiras obras, volte-se ao principio de tudo, quando ainda seu coração queimava fortemente por amor a JESUS.

      Se o seu primeiro amor está se tornando o segundo ou o último, clame ao Senhor. Não deixe a chama se apagar, mas abasteça-a diariamente tendo uma vida intima com DEUS. Ore ao Senhor: Leva-me ao Primeiro AMOR, onde tudo começou meu Senhor, leva-me a primeira vez, ao primeiro instante, ao primeiro olhar, mas toma o teu lugar. 

      Deus tem vida de verdade para nós, vida abundante em sua presença. E nós não podemos nos conformar com situações semelhantes a essa. Nós devemos dizer NÃO a essa conformidade, e começarmos a ORAR mais, a JEJUAR mais, a nos DISPOR mais para DEUS, e LER a Bíblia com mais freqüência, pois ela nos ensina quem é Deus, e o que Ele quer de nós como filhos.

Poderia falar mais 30 páginas neste mesmo assunto, mas espero que com esse breve resumo, o Senhor tenha falado profundamente ao seu coração.

 

Anúncios