Evangelho Fast Food

Você já foi no McDonald’s, Bob’s, Subway, Burger King, Giraffas ou qualquer outra rede de fast food? É impressionante como é rápido. Esses dias abriu o Bob’s aqui, fomos pelo drive-thru e pedimos milk shake, quatro aliás. Foi o tempo de colocar o troco na carteira que o pedido já estava sendo entregue. Fiquei passada. Mas sabendo do processo produtivo e do sistema de produção dos fast foods eu sei que tem muuuito trabalho por trás para ter tal agilidade assim.

Quero comparar os “crentes” de hoje com essas franquias:

Hoje em dia, tudo é rápido, certo. Mas com Deus tem que ser vapt-vupt assim também? Há vários exemplos na Bíblia de pessoas gastam tempo estudando e conversando com Deus. Daniel, Paulo, Jesus… É necessária a leitura da Bíblia para que sejamos como os irmãos de Beréia, compararmos o que está sendo dito com o que está escrito, se é condizente com a Palavra.

Ora, estes de Beréia eram mais nobres que os de Tessalônica; pois receberam a palavra com toda a avidez, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato, assim.” Atos 17.11

Tem surgido tantos “pastores”, “apóstolos”, “bispos”, “um dos três” por aí, dizendo o que lhes convém, o que lhes beneficia, levando a galera para um evangelho fácil, que não nos confronta com a nossa natureza pecadora, que pode tudo, que se der R$1000,00 de oferta, Deus é obrigado a te retribuir em dobro, que é difícil mostrar o verdadeiro evangelho.

porque surgirão falsos cristos e falsos profetas operando grandes sinais e prodígios para enganar, se possível, os próprios eleitos.” Mateus 24.24

Os seguidores desses “ermãos” estão sendo alienados, idolatrando-os, esquecendo-se do verdadeiro Cristo. Se falarmos que eles estão errados… Deus me livre! Pior que falar mal do Rei na Idade Média. Mas os abençoados não vão conferir na Bíblia se o que eles dizem está correto. Aliás, tem gente que não sabe que Habacuque é um livro da Bíblia, se souber, demora um tempão para encontrar.

Lembre-se dos crentes de Beréia.

E aí, acham que estou exagerando?

O Evangelho fast food te mostra que há um céu, um Deus de vitórias, um Salvador. Ele te mostra que se você fala “Deus eu te amo” você já está salvo. O Evangelho fast food só diz que ser crente é uma benção, só tem a ganhar, não lhe acontecerá nada de mal.

Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.” Mateus 16.24

Tomar a cruz é aceitar que você terá lutas, mas também terá um Deus que é por você. Tomar a cruz é se dedicar na Palavra de Deus. Tomar a cruz é sofrer fome, sede, nudez, prisões, solidão, se necessário, sem ficar “bravinho” pelo o que está passando. Tomar a cruz é muito mais que pular, gritar, chorar, se jogar no chão, falar qualquer coisa que ninguém entende, isso é emocional!

Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.” Atos 12.1

Não se deixe levar pelas palavras bonitas, pelo testemunho puramente emocional, pelo choro forçado. Observe as pregrações, siga ouvindo com a Bíblia aberta. Preste atenção nas letras das músicas, veja se elas têm profundidade bíblica ou é só repetição. Busque a sabedoria de Deus. E um último versículo para analisar:

Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos” 2 Timóteo 4.3

Um abraço,

Érika Patricya

Anúncios