Quero namorar – Parte II

É isso aí, já vou logo chegando com um tema meio “delicado” (ao meu ver), dando continuidade ao que já foi dito antes aqui, dessa forma, espero que este tema, seja de grande aproveitamento para vida de vocês.

Recapitulando, conforme o tempo vai passando, e nós vamos amadurecendo, é normal sentirmos uma certa “necessidade” de ter um companheiro, afinal isso é bíblico : “Então o Senhor Deus declarou: não é bom que o homem esteja só.” Gn 2:18b. O próprio Deus que criou tudo que nessa terra existe percebeu essa necessidade, a de que o homem precisava de alguém.

namoro-cristao

Então sem desespero de sair por aí atirando para todos os lados a procura da tampa da sua panela, primeiro de tudo, é bom pesar algumas coisas na balança. Por exemplo, você sabe pra que serve o namoro? Pois bem, ele possui uma finalidade: a edificação. Meus amigos pensem comigo, um namoro cristão é totalmente diferente do namoro secular, lembrem-se, nós somos santos, devemos dar testemunho, e uma das formas é usar nosso namoro pra mostrar as pessoas que é possível construir um relacionamento sólido e saudável, sem a prática do sexo, um namoro puro e limpo perante aos olhos de Deus e aos olhos dos homens.

E nem adianta vim com o pensamento de que “mas eu amo minha namorada (o), penso até em casar, não podemos fazer sexo?!”, lembre-se, hoje em dia, infelizmente o que a mídia vende é que o foco principal do namoro é o sexo, basta observar essa mensagem chegar ate nós, por meio de filmes, músicas e livros.

Veja bem:

1-      Antes de tudo tenha intimidade com Deus. Desenvolva sua maturidade cristã, isso vai permitir que você fique atento para as ciladas que possam aparecer.

2-      Seja um “Severino” na casa de Deus e observe se o (a) jovem por quem você se interessa é servo, trabalhador na obra.

3-      Converse com seu líder antes de namorar, diga que está interessado por alguém e veja qual a opinião dele.

4-      Não se ponham em julgo desigual (2co 6:14)

5-      Durante o namoro evitem ficar sozinhos, não dêem brecha ao inimigo.

6-      Lembre-se, tenha um namoro a 3, você a pessoa e Deus.

7-      E por fim quando estiver “subindo pelas paredes” leia Sl 40:1 🙂

Procure sempre estar em comunhão com Deus, busque primeiro a Ele depois lhes serão acrescentadas as demais coisas: namorado, esposa, família, além disso em vez de alimentar sua carne, alimente seu espírito, mostre a todos que você é diferente começando com seu relacionamento.

É isso aí, fique todos com Deus, câmbio e desligo.

 

Anúncios

Geração que honra

Escrever para jovens é um desafio muito grande, pois vivemos em um mundo globalizado onde muitos  já tem a sua mente formada e seus projetos  definidos, ou não. Hoje vou escrever sobre um  assunto para muitos não tem valor, que é honrar seu pastor.

Primeiramente o que é honrar? Honrar é demonstrar através de palavras e ações, que surgem de uma atitude interior de estima e respeito pela posição que ocupam.

A palavra grega para honra significa reverenciar, estimar e valorizar. Honrar é dar respeito, não apenas pelo mérito, mas pela posição. Por exemplo, algumas pessoas podem não concordar com as decisões de seu pastor, mas ainda assim devem respeitar sua posição como líder da igreja. Semelhantemente,  jovens de todas as idades devem honrar seu pastor, quer seu pastor mereçam ou não.

Hoje nos vivemos em um mundo que dita o seguinte: você tem que ganhar e nunca perder! É com tristeza no coração que vemos jovens que tratam seus pastores assim para ganhar uma liderança. Maltratam, fazem uma guerra fria na igreja e outras coisas piores que isso!

Isso tem desmotivado o pastor a trabalhar. Certo pastor calculou que 80% dos seus colegadas da mesma denominação pensaram, no ultimo mês, em deixar o ministério. Se esse número é realista ou não, o fato é que muitos pastores estão prontos a desistir. Meus amados jovens, eu sei que seu tempo é diferente do seu pastor, vivemos um outro momento, nos cultos na adoração, etc, mas não permita que você venha a desmotivar seu pastor. Isso serve para mim também. Quando eu estava escrevendo esse artigo, vi o quanto eu amava o meu pastor de verdade.

No entanto, acredito que deveria amar mais, pois esses homens de Deus tem muitas ovelhas e poucos amigos no ministério, tem uma grande família para cuidar e quase ninguém para amar sua família, receber vários telefonemas com problemas da igreja mais nenhum falando que esta orando por ele e sua família. Amados, vamos mudar essa realidade fale para seu pastor que você ama a ele e à sua família! Mostra, se for possível hoje este amor.

Com graça e paz!

Um abraço,

Flavio Hermsdorf