O Evangelho de Mau Humor

Não, não tem ninguém triste aqui. Pelo contrário, tem gente feliz, até demais. Como assim? Estou falando do tipo de humor “gospel” que tá aparecendo na rede…

Também não estou dizendo que devemos ser extramente sérios, sem rir e tal. Amo rir, contar piadas, ouvir piadas e histórias engraçadas, me divertir com o pessoal. Isso faz parte da comunhão também. O que eu quero dizer é que tem gente brincando com Deus e talvez nem saiba. Há certos tipos de piadas que vão contra a imagem de Deus. É abusivo!

Dois tipos de humor “gospel”: aquele que descreve uma história engraçada numa programação, num culto ou reunião da Igreja, que aconteceu com pessoas, esse é bacana, e aquele que satiriza ou ridiculariza o próprio Deus ou algum personagem bíblico, esse não é bacana.

E o mais preocupante disso tudo é que tem gente “cristã” rindo e dizendo que não tem nada a ver. Só porque é engraçado não é legal.

Na minha opinião, algumas páginas do Facebook como o “Coisa de Crente” e “Irmã Zuleide” são de um humor apelativo (algumas postagens são legais, algumas). De uma falta de respeito tremendo contra o Senhor e sua Palavra. Pode me chamar de careta, quadrada, velha… eu não ligo.

Ofender a Deus é PECADO! PECADO é uma palavra que poucos sabem do seu significado e de suas consequências. PECADO é o que desagrada a Deus, é o que nos afasta de Deus. O PECADO vem mascarado de coisa bonita, legal, engraçada.

“Não tomarás o nome do SENHOR, teu Deus, em vão, porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.” Êxodo 20.7

Isso é sério, gente. Muito sério.

Galera, vamos prestar atenção nas nossas brincadeiras. Pense bem! Lembre-se que “Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm; todas são lícitas, mas nem todas edificam.” I Coríntios 10.23

Abraço,

Érika Patricya.

Anúncios