O ônibus

Todos os dias vou e volto de ônibus e, de umas semanas pra cá tenho pensado muito a respeito desse meio de transporte tão usado e tão pouco observado.

Eu estava no terminal esperando o ônibus que me levaria mais perto da minha casa depois de um dia cansativo de trabalho. Tinha todos os motivos pra ficar de mau humor e reclamar da vida, afinal, acordei cedo demais, sai de casa e já tive que enfrentar um calorão esquisito e, depois de um dia de trabalho, ainda teria que enfrentar “aquele monstro” lotado pra chegar em casa.

Em geral, essa é a rotina da maioria das pessoas, acordar cedo, ônibus cheio, trabalhar  dia todo, ônibus cheio e casa e acaba sendo normal escutar muitas pessoas reclamando dessa rotina, principalmente do fato de terem que usar o ônibus como transporte.

Pensando nesta questão de reclamar porque tem que ir ou voltar de ônibus, lembrei do que Paulo escreveu para os Colossenses: E tudo o que fizerdes, seja em palavra ou ação, façam em nome de Jesus, dando graças a Deus…
Fiquei refletindo nisso e em como temos sido ingratos, sim, ingratos. Por pior que seja ter que usar o ônibus como meio de transporte, você ainda tem o ônibus. No Nordeste do nosso país, há pessoas que nem o ônibus, lotado, desconfortável e caro, eles tem.

E, se formos parar pra pensar, todo o nosso mau humor e “raiva” do ônibus, parte de nós mesmos, porque andar de ônibus pode ser uma rotina muito interessante e divertida.
Sabia que, se você sorrir ao invés de reclamar quando te empurram no ônibus, você vai achar graça da situação? Se você der um sorriso pra pessoa que pisar no seu pé de tênis enquanto você está de havaiana, ela vai te olhar de um jeito educado e sentido por ter pisado no seu pé e tomará mais cuidado pra que não aconteça de novo. Ah sim, se você der o seu lugar no ônibus pra alguém mais velho ou mais cansado que você, essa pessoa será muito grata e você verá isso nos olhos dela. Os estudantes são profundamente  agradecidos e admiradores daqueles que se oferecem pra levarem suas mochilas ou pastas.

Mas, acima de toda a gratidão, sorrisos e olhares brilhando que receberá, saiba que você estará cumprindo e contribuindo com algo pra melhorar a sua vida e a dos demais que estará a sua volta. Estará cumprindo com ordenanças bíblicas, por isso, o fato de se sentir alegre e agradecido por tudo, inclusive pelo ônibus lotado, vai, com certeza fazer sua rotina ser muito mais leve.

O Verdadeiro Discipulado

E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.  Marcos 16:15

Quando se aceita  a Cristo como o Senhor de nossas vidas, ao mesmo tempo que começamos a ter uma vida diferente,  passamos a ter a missão de apresentar Ele para que outras pessoas também possam experimentar a maravilhosa transformação que Cristo pode fazer em suas vidas.

Afinal acredito que nosso principal objetivo aqui na terra, é sermos pessoas que façam a diferença, que mude realmente o mundo demonstrando o amor de Cristo para as pessoas.

DISCIPULADO-1024x716

No entanto, percebo que, nós, cristãos, estamos acomodados, preferimos:

  • O conforto do nosso lar, do que ir a casa de um amigo que está passando por problemas, e tudo o que mais queria era ouvir uma palavra de conforto, amor e solidariedade;
  • Preferimos a rotina da igreja e esquecemos de sair e pregar a palavra (Pior, muitas vezes, nós não temos nem condição de propagar a palavra, porque não estudamos a Bíblia);
  • Preferimos ir a um “show gospel” ou “encontro”, do que ir a um culto de oração e estudo bíblico;
  • Preferimos pedir bênçãos, vitórias e prosperidade do que pedir perdão pelo nossos pecados e reconhecer nossa incapacidade perante a grandeza de Deus;

Pergunto: De que forma você tem conduzido sua vida cristã?  Se Cristo voltasse hoje, você estaria pronto para apresentar os resultados da missão que Ele deixou para você cumprir?

Assisti esse vídeo recentemente o qual me fez refletir profundamente, deixo aqui para que você também assista e reflita:

Geração que honra

Escrever para jovens é um desafio muito grande, pois vivemos em um mundo globalizado onde muitos  já tem a sua mente formada e seus projetos  definidos, ou não. Hoje vou escrever sobre um  assunto para muitos não tem valor, que é honrar seu pastor.

Primeiramente o que é honrar? Honrar é demonstrar através de palavras e ações, que surgem de uma atitude interior de estima e respeito pela posição que ocupam.

A palavra grega para honra significa reverenciar, estimar e valorizar. Honrar é dar respeito, não apenas pelo mérito, mas pela posição. Por exemplo, algumas pessoas podem não concordar com as decisões de seu pastor, mas ainda assim devem respeitar sua posição como líder da igreja. Semelhantemente,  jovens de todas as idades devem honrar seu pastor, quer seu pastor mereçam ou não.

Hoje nos vivemos em um mundo que dita o seguinte: você tem que ganhar e nunca perder! É com tristeza no coração que vemos jovens que tratam seus pastores assim para ganhar uma liderança. Maltratam, fazem uma guerra fria na igreja e outras coisas piores que isso!

Isso tem desmotivado o pastor a trabalhar. Certo pastor calculou que 80% dos seus colegadas da mesma denominação pensaram, no ultimo mês, em deixar o ministério. Se esse número é realista ou não, o fato é que muitos pastores estão prontos a desistir. Meus amados jovens, eu sei que seu tempo é diferente do seu pastor, vivemos um outro momento, nos cultos na adoração, etc, mas não permita que você venha a desmotivar seu pastor. Isso serve para mim também. Quando eu estava escrevendo esse artigo, vi o quanto eu amava o meu pastor de verdade.

No entanto, acredito que deveria amar mais, pois esses homens de Deus tem muitas ovelhas e poucos amigos no ministério, tem uma grande família para cuidar e quase ninguém para amar sua família, receber vários telefonemas com problemas da igreja mais nenhum falando que esta orando por ele e sua família. Amados, vamos mudar essa realidade fale para seu pastor que você ama a ele e à sua família! Mostra, se for possível hoje este amor.

Com graça e paz!

Um abraço,

Flavio Hermsdorf